NET

ATENÇÃO: DOCUMENTOS ANEXOS
Senhores(as)
Ano passado resolvemos mudar de operadora (telefones fixo e celulares) e de banda larga (Internet). Nós já tínhamos um contrato de TV a cabo com a NET, em nome de nosso filho, Nelson Luíz Waissman. Pesquisamos as operadoras e optamos pelo COMBO da NET, em função de seu menor custo comparado às outras alternativas.
A partir de 29 de abril de 2016 fiz vários contatos com a NET (telefone 4004-8844) a fim de esclarecer uma série de dúvidas quanto à prestação dos serviços e aos seus custos. Estas ligações sempre foram a partir do nosso telefone fixo (21) 3208-8625 (eram gravadas).
1- Em 17 de maio, em contato com a NET (telef. 3003-6387), ás 13:11 horas, atendente Jonas, protocolo 038162502633864, recebemos a informação seguinte:
a) Plano existente de TV a cabo HD Max: valor seria mantido (eram cerca de R$90,00 mensais);
b) Banda larga (Internet): pagaríamos por 15MB porém receberíamos 30MB;
c) 1 telefone fixo com ligações ilimitadas para fixos de todo o Brasil;
d) 2 celulares: 300 minutos de franquia para 2 chips (2 telefones celulares);
Para o conjunto de serviços referente aos itens b, c, d acima, seria cobrado o valor de R$234,78 mensais, que seria acrescido aos cerca de R$90,00 do item a acima (TV a cabo), totalizando cerca de R$325,00 mensais.
Confirmamos a contratação destes serviços (b, c e d no item 1 acima), em acréscimo ao contrato já existente de TV a cabo HD Max, apenas trocando o nome do contratante, de Nelson Luíz Waissman para minha mulher, Lucia Waissman, tendo em vista que Nelson estava morando na Espanha. Na ocasião, foi confirmado o valor mensal de cerca R$325,00 reais mensais para o COMBO acima descrito.
2 – A primeira conta deste novo contrato vencia em 10 de julho e seu valor era superior ao contratado. Em 11 de julho, em contato com a NET (telef. 3003-6387), ás 13:46 horas, atendente Clarice, recebemos a informação seguinte (diferente da informação anterior):
O valor mensal do COMBO descrito em 1- acima seria de R$370,29, já incluídos R$24,00 referentes à franquia para ligações ilimitadas do telefone fixo para todo o Brasil.
3 – Em 12 de julho, compareci à sede da NET em Botafogo, Rio de Janeiro. Fui atendido pela atendente Carmem às 16:17 horas, conforme protocolo 038162559345180. Reclamei o valor da conta e ela, verificando no computador, confirmou que o valor do nosso COMBO seria de R$372,02 mensais.
A partir de então, os valores cobrados mensalmente pela NET foram aumentando sistematicamente, até que, em 11 de janeiro de 2017, ante mais reclamações de nossa parte, o atendente Walter, por telefone, confirmou que o valor da nossa mensalidade era de R$377,83, válida por 1 ano. O valor cobrado naquele mês foi de R$457,91!
Em 13 de fevereiro, reclamei novamente sobre o valor cobrado. O atendente Medeiros, às 17:08 horas (no telefone 10621) informou que o valor cobrado da NET TV deveria ser de R$159,61 e não o que foi cobrado (R$199,02).
Na realidade, vim a descobrir que, ao trocar o nome do contratante ao contratar o serviço, apesar de ser o mesmo endereço, o valor da TV a cabo HD Max praticamente dobrou, sem que eu tivesse sido informado a respeito. Considero um rompimento do que foi acordado entre as partes, pois nunca, no momento de aceitar o COMBO, esta informação me foi passada. Na medida em que acertei este contrato após pesquisa de preços, sinto-me ludibriado pela empresa, cujos atendentes informavam um valor e lançavam outro em seus registros. Jamais fui informado que, ao mudar o contratante, o serviço de TV a cabo HDMax dobraria de preço, o que eu jamais teria aceito se tivesse sido informado na ocasião da contratação.
A NET já atendeu, parcialmente, reclamação feita no início deste ano, estornando valores pequenos. No entanto, continuou cobrando valores inexplicáveis e indevidos, à exemplo da conta anexa vencida em 10 de maio corrente. Explico:
A – O valor total da conta foi de R$522,52. Portanto, cerca de R$145,00 acima do valor combinado.
B – Na discriminação deste total, item por item:
B1 – NET TV – cobrados R$229,02. Muito acima dos R$90,00 originais. Inclusive foi
cobrada uma mensalidade de R$30,00 por “canal a la carte (Telecine HD)”. Estes canais Telecine eram parte do nosso contrato anterior, nunca tendo sido cobrados à parte. Mais uma vez, a NET COBRA UM VALOR NÃO COMBINADO, NÃO INFORMADO, APÓS A CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS, alterando, unilateralmente contrato existente. Em maio, tomando conhecimento deste absurdo, pedi o imediato cancelamento deste serviço.
B2 – NET VIRTUA (banda larga Internet) – cobrados R$96,84. Muito acima do valor anunciado em 29 de maio no site da NET (R$30,00 por mês – VER ANEXO COM FOTO DO ANÚNCIO). Este valor, se comparado com serviços concorrentes, tem o custo muito mais elevado.
B3 – NET Fone (telefone fixo) – cobrados R$39,79.
B4 – Serviços Móveis – R$208,62. Mais uma vez, cobranças indevidas de serviços nunca utilizados. No anexo com a cópia da conta vencida em 10 de maio, a folha 0005 (referente aos dois celulares) mostra, em CONTRATAÇÕES ADICIONAIS:
21 98885-0554
– VOZ – Ligações para números especiais (Secretaria Claro) R$ 2,04
– SERVIÇOS – Outros serviços Telecom (Claro recado premium) R$ 5,99
SERVIÇOS – Serviços de terceiros (Claro esportes) R$15,96
Estas cobranças são indevidas. Nunca utilizamos estes serviços.
4 – A CLARO, parte do COMBO NET que contratamos (celulares), envia sistematicamente torpedos (SMS) oferecendo músicas para serem ouvidas quando alguém telefonar para os nossos celulares. Estas ofertas, às vezes, são do tipo “no option”, i.e., somos obrigados a negar a oferta senão ela será efetivada – e cobrada – automaticamente. Até onde eu saiba, esta prática de marketing (“no option”) é proibida. A recusa da oferta tem que ser feita por SMS, para o número 5656, da CLARO. Estes torpedos não podem ser cobrados e, pior, não deveríamos nem receber estas ofertas, que se caracterizam como “venda casada”, igualmente proibida.
Em 9 de maio estive pessoalmente, mais uma vez, na sede da NET, em Botafogo, para reclamar destas anormalidades e cobranças indevidas. Infelizmente, quer me parecer ser esta uma política da empresa, cobrar serviços não prestados, acreditando que, por serem valores relativamente pequenos, os clientes não reclamarão. E, caso reclamem, poderão ser ressarcidos em contas futuras, tornando-se, assim, uma forma de financiamento fácil e sem custo de juros…
No FORMULÁRIO DE ATENDIMENTO que recebi na ocasião (9 de maio), protocolo 03917 28586 82282, constam no verso as reclamações que fiz:
– cancelamento de Telecine (a NET passou a cobrar adicional sem prévio aviso);
– análise de pedido de cancelamento de publicidade (referente aos SMS da CLARO oferecendo músicas);
– esclarecimento de fatura (reclamação quanto às cobranças indevidas, muito
acima do contratado).
Até hoje, dia 29 de maio, não recebemos nenhuma resposta da NET.
Peço a sua orientação no sentido de conseguir que o COMBO NET contratado seja respeitado quanto à prestação dos serviços acordados e cobrado dentro dos valores combinados quando da contratação (cerca de R$370,00), excluindo qualquer serviço não acordado originalmente.
Além disto, entendemos que a NET e a CLARO não informam adequadamente sobre quais serviços o assinante pode usar, dentro da franquia do seu contrato, sem provocar custos adicionais. Isto faz com que, sem saber exatamente o que está pagando, o assinante acabe usando, inadvertidamente, serviços que geram custos adicionais.
Seria ideal, para mim, que apenas aqueles serviços originalmente contratados fossem oferecidos ao assinante que, poderia, tomando conhecimento de tabela de preços dos serviços adicionais, encomendar formalmente, ou não, algum(uns) deste(s) serviço(s) adicional(is).
Agradecendo, antecipadamente, a sua atenção,
Cordialmente, Sergio J. Waissman

Cobrança indevida/abusiva
Nome
Sergio Jacques Waissman
Nextel
oi fixo

Comentários